quarta-feira, 17 de abril de 2013



Triste mesmo é quando a gente dá o nosso melhor para conseguir realizar um grande sonho e de repente o mundo decide mudar de cabeça para baixo, por questão financeira ou questão de lesões esse sonho de anos é subitamente empurrado para baixo como uma âncora segura um navio. Nunca foi de meu feitio me imaginar sem esse sonho, afinal eu lutei tanto por ele, faz algum tempo desde o acontecido, quando falo sobre esse sonho meus olhos ficam como rios de lágrimas, agora tenho que me acostumar com essa realidade em que me deixou apenas as lembranças na mente e uma cicatriz em meu coração. Quando eu era pequena e ainda estava lutando para iniciar esse sonho, lutando sozinha, pois ninguém de minha família me apoiava sonho esse que pra mim era minha vida. Eu tinha em mente que eu queria segui-lo até o fim, pois eu não queria me tornar mais uma dessas pessoas amarguradas que não acreditam nos sonhos de ninguém só porque não conseguiram se realizar, quando isso tudo caiu sobre mim meu primeiro pensamento foi a de derrota e a minha primeira reação foi chorar, chorar muito. 
Não sei para vocês, mas para mim os sonhos são como tesouros que devem ser cuidados e cultivados com todo amor e carinho, não sejam frios em pensar que minha dor é um sentimento exagerado e infantil, pois não é, ora vamos, não seja tolo você também tem um sonho pulsando aí dentro de você e seja qual for esse sonho, CORRA atrás dele, tente realiza-lo doe-se por inteiro sem medo do futuro, assim fiz eu com o meu, embora eu não tenha conseguido eu não me arrependo, pois eu dei o meu melhor, lutei com todas as minhas forças para vencer os preconceitos, as dificuldades, os obstáculos, a inveja e não eu não tenho vergonha de ter corrido atrás de algo que não consegui, eu teria vergonha mesmo se eu tivesse ficado parada desde o começo por medo do futuro, isso sim seria a verdadeira derrota.
Sim eu acredito muito no valor dos sonhos e no que eles são capazes de fazer com as pessoas, acredito que felizes são esses que tem um sonho e correm atrás e mais felizes ainda são esses que conseguem se realizar neles sem subir em alguém e sem se esquecer de suas raízes. Hoje trago essa dor de um sonho não realizado, mas trago também a felicidade de ter tentado.





Obrigada por acreditarem em mim e me desculpem por não conseguir. Amo vocês

Nenhum comentário:

Postar um comentário