terça-feira, 14 de maio de 2013

As vezes sinto que nada é meu, come se nada tivesse valor, sinto vontade de chorar, desabar, desaparecer, vontade de viver outras coisas, seguir outros caminhos, de ser simplesmente eu, me sinto fragil, confusa, constrangida. Penso no que devo fazer, mais nenhuma das alternativas me satisfaz - talvez deva criar uma que me agrade - , me sinto distante de tudo e de todos, estou perdida dentro de mim mesma, não sei mais o que fazer, meus sentimentos estão tão confusos quanto eu, tento sr forte mais na maiora das vezes não aguento. Não tenho ideia do que estou vivendo, do que estou sentindo, do que sou. Algo me prende aqui mas preciso " voar, caminhar, amar, viver" !

Nenhum comentário:

Postar um comentário